O Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES), criado pela Lei N° 10.861/2004, impõe a prática da avaliação institucional como política nacional que assume caráter sistêmico, construtivo e formativo visando à sustentação da qualidade social da Educação Superior.

Neste sentido, o sistema de avaliação das Faculdades Brasileiras é extremamente importante por seu caráter de política nacional, por sua inédita característica de avaliação integrada que articula de forma permanente e obrigatória os processos externos e internos da avaliação das instituições de educação superior (AVALIES), avaliação dos cursos de graduação (ACG) e avaliação do desempenho dos estudantes (ENADE).

Como parte integrante desse Sistema Nacional de Avaliação, a Faculdade de Quixeramobim-UNIQ criou e regulamentou sua Comissão Própria de Avaliação – CPA ainda em 2016 por meio da Portaria № 001/2016, de 02 de fevereiro de 2016, em atendimento à legislação vigente. Ao instituir-se como instância própria para o desenvolvimento do processo avaliativo interno da UNIQ, A CPA/UNIQ articula-se com as Diretorias, os Órgãos Suplementares e as Comissões Setoriais de Avaliação presentes nesta Unidade Acadêmica.

A Comissão Própria de Avaliação – CPA é responsável pela condução e articulação do processo de avaliação interna. A aplicação dos instrumentos de avaliação para docentes, discentes e posteriormente para os Técnicos-administrativos, mensura qualitativamente aspectos pedagógicos, de infraestrutura e gestão da Faculdade de Quixeramobim – UNIQ.

 

O Projeto de Autoavaliação leva em consideração a ampla participação, o planejamento, a metodologia, a avaliação, os processos informatizados, a análise e o alinhamento com as estratégicas da Faculdade de Quixeramobim – UNIQ e o seu PDI (Plano de Desenvolvimento Institucional), visando identificar os resultados que promovam a eficácia da autoavaliação institucional e colaborem, significativamente, com ações de melhorias no ambiente acadêmico e de gestão desta Faculdade.